A Comissão de Pesquisa do IEPP tem como foco a pesquisa em psicoterapia psicanalítica. Com isso, busca-se aproximar a pesquisa da prática clínica, produzindo-se conhecimentos com potencial de serem imediatamente aproveitados na formação em Psicoterapia Psicanalítica oferecida pelo IEPP.

Atualmente estamos desenvolvendo uma pesquisa de processo psicanalítico que tem como objetivo central estudar a resistência, embora outras questões envolvendo o processo da psicoterapia também sejam investigadas. Este é um projeto em pareceria com a UFRGS, aprovado pelo comitê de ética, e coordenado pela Prof. Milena da Rosa Silva (UFRGS) e pela psicóloga Denise Steibel (IEPP). O estudo prevê o atendimento de três casos de psicoterapia, sendo que cada caso é estudado individualmente. Já concluímos a coleta do primeiro caso, e estamos iniciando o segundo. Com o consentimento do paciente, os atendimentos são gravados em áudio e acompanhados semanalmente por um grupo de supervisão.

O projeto já rendeu alguns trabalhos apresentados e alguns artigos publicados

Artigo internacional

Silva, M. R.; Hallberg, A. E. ; Steibel, D. ; Campezatto, P. V. M. ; Klarmann, R. P. . Presentación de material clínico de supervision grupal: relato de una experiencia. Revista de la Sociedad Colombiana de Psicoanálisis, v. 37, p. 261-272, 2012.

Artigo Nacional

Silva, M. R.; Hallberg, A. E. ; Steibel, D. ; Campezatto, P. V. M. ; Klarmann, R. P.. A apresentação do material clínico na supervisão coletiva: um relato de experiência. Psicoterapia Psicanal?tica, v. 1, p. 153-164, 2011.

Silva, M.; Barcellos, E.; Sanchez, L.; Steibel, D.; Fernandes, P.; Campezatto, P.; Geremia, L.; Klarmann, R. Registros da Sessão Terapêutica: Relato, Gravação ou Transcrição? Considerações sobre as Diferenças entre os Registros. Revista Psicologia Clínica – PUC-RJ – no prelo.

Apresentação em Eventos

O Desafio Segue: Como Trabalhamos com Paciente do Tipo Borderline? Tema Livre no XXIV Congresso Brasileiro de Psicanálise. Ser Contemporâneo: medo e paixão. 25 a 28 de setembro de 2013, Campo Grande, MT, Brasil.

Barcellos, E. D. & Silva, M. R. (2013). Considerações sobre as contribuições da transcrição de sessões de psicoterapia psicanalítica para diagnóstico e tratamento de pacientes borderline. XXV Salão de Iniciação Científica da UFRGS – Apresentação de trabalho.

Barcellos, E. D. & Silva, M. R. (2012). Áudio, transcrição e relato: uma revisão de literatura sobre os tipos de registro de sessões de psicoterapia de orientação psicanalítica. XXIV Salão de Iniciação Científica da UFRGS – Apresentação de trabalho.

Silva, M. R. ; Fernandes, P. P. . O áudio, a transcrição e o relato como formas de registro da sessão de psicoterapia psicanalítica. In: Salão de Iniciação Científica – UFRGS, 2012, Porto Alegre. Anais do Salão de Iniciação Científica 2012 – UFRGS, 2012.

Campezatto, P. V. M. ; Sanchez, L. F. ; Silva M. R. ; Steibel, D. ; Barcellos, E. D. ; Geremia, L. ; Fernandes, P. P. ; Klarmann, R. P. . Registros da sessão terapêutica: relato, gravação ou transcrição? Considerações sobre as diferenças entre os registros. In: X Congreso Latinoamericano de Investigación en Psicoterapia, 2012, Buenos Aires. Cuadernos del X Congreso Latinoamericano de Investigación en Psicoterapia, 2012.

Silva, M. R. ; Graff, L. H. Pensando o início da formação em Psicologia: a primeira inserção em supervisão clínica e a aproximação do exercício profissional. In: Salão de Iniciação Científica – UFRGS, 2011, Porto Alegre. Anais do Salão de Iniciação Científica 2011 – UFRGS, 2011.

Silva, M. R. ; Gasparetto, L. . Psicanálise e psicoterapia psicanalítica: semelhanças e diferenças, tangências e superposições. In: Salão de Iniciação Científica – UFRGS, 2011, Porto Alegre. Anais do Salão de Iniciação Científica 2011 – UFRGS, 2011.

Há ainda artigos em andamento e muito trabalho está por vir. Assim, acreditamos estar fortalecendo o nome do IEPP como instituição que não apenas é reconhecido pela excelência em formação de psicoterapeutas e no atendimento clínico à comunidade, através do seu ambulatório, mas também como instituição de destaque em pesquisa no campo da Psicoterapia Psicanalítica.

Fazem parte da Comissão de Pesquisa as psicólogas Denise Steibel, Lívia Sanchez, Milena Silva, Paula Campezatto, Eduarda de Barcellos, Lisiane Geremia, Márcia Fischer e Lunara Pilecco, e o bolsista de Iniciação Científica (UFRGS) Rafael Cavalheiro. O grupo conta com a supervisão da Psicóloga e Psicanalista Regina Klarmann.

A pesquisa incentiva aprimoramento técnico e as curiosidades do terapeuta acerca do processo psicoterápico.

Com o intuito de sublinhar a importância da integração entre a clínica, a pesquisa e a academia, conta com uma parceria do IEPP com o Departamento de Psicanálise e Psicopatologia do Instituto de Psicologia da UFRGS.

Atualmente é uma das atividades que está sendo privilegiada, visando criar uma mentalidade de psicoterapeutas/pesquisadores ao realizarem pesquisas sistemáticas a respeito do processo psicoterápico e de seus resultados, estimulando publicações e participação em congressos científicos.

Ainda na intenção de expandir a interface da clínica com a pesquisa nas universidades, a Comissão de Pesquisa do IEPP desenvolveu parceria em 2012 com um Grupo de Pesquisa do PPG da PUCRS, cedendo material de banco de dados para o desenvolvimento de teses e dissertações. Em 2014, foram defendidas duas dissertações, ambas aprovadas com louvor, intituladas “Momentos associados à mudança em psicoterapia psicanalítica de adultos”, de Lívia Fração Sanchez e “Avaliação de processo de mudança em psicoterapia psicanalítica através do modelo dos ciclos terapêuticos”, de Paula Argemi Cassel. A Tese de Doutorado “Mudança psicológica no processo da psicoterapia psicanalítica”, da doutoranda Paula Von Mengden Campezatto está em andamento.

Para obter informações sobre os trabalhos publicados, entre em contato pelo email denisesteibel@gmail.com.

Coordenação: Denise Steibel